Vocalista dos UHF apresenta livro em Setúbal

Livro com o título "És meu, disse ela" do vocalista dos UHF, António Ribeiro.

O vocalista dos UHF, António Manuel Ribeiro, vai apresentar o seu livro “És meu, disse ela”, no próximo dia 26 de Janeiro, pelas 21h00 na Biblioteca Municipal de Setúbal. O evento é promovido pela Casa da Poesia de Setúbal.

O livro biográfico  conta a história de perseguição que o artista viveu entre 2003 e 2012. Durante quase 10 anos, o músico português foi alvo de stalking.

Cristina/82, uma mulher de quem nada sabia, começou a persegui-lo e a atormentá-lo, num cerco infernal. Atacou-o com milhares de mensagens, chamadas, esperas, perseguições, delírios inimagináveis. Uma história tão mirabolante quanto verdadeira”, lê-se na sinopse do livro.

“Os meus comentários, sendo opiniões, não são juízos de valor, mas tão só a primeira resposta a uma agressão, a invasão da privacidade que se tornou persistente, algo que não pedi, mas que interferia com a minha vida, criando cenários, heterónimos acolitados, novos entusiasmos (mais agressões) que visavam condicionar-me e manter-me focado. Como as torres e os vigias de um campo de concentração”, frisa António Manuel Ribeiro.

O cantor foi obrigado a travar uma luta hercúlea para voltar a ter vida. Da loucura da perseguição à incompetência da justiça, este é o livro que revela os sentimentos de um homem desesperado, por não conseguir tomar em mãos as rédeas do seu destino, fustigado pela sombra sempre presente de uma perseguidora. Mas o homem resistiu e triunfou, porque nunca desistiu. Agora voltou a ser livre, escapando a um caso que poderia ter acabado em violência grave, e que, em muitos outros casos, conduziu mesmo à morte.

A perseguidora do músico dos UHF, Ana Cristina Fernandes, foi condenada a dois anos de prisão com pena suspensa.